sexta-feira, 3 de junho de 2011

Brasil sem miséria

Lançado, essa semana, mais um plano sensacional do governo petista para contribuir com o "povo brasileiro". Agora, além dos planos fome zero, bolsa familia, bolsa escola, temos também o Brasil sem Miséria, mais um plano que surge com o intuito de "melhorar" as condições sociais da população brasileira. Um dos focos do Brasil sem miseria, é identificar e inscrever familias que "precisam" do auxilio do fome zero e ainda naum o tem, através da chamada "busca ativa"; nada mais é do que um mapeamento da pobreza no país.
Brasil sem Miseria, tem o diferencial de vir acompanhado de um incentivo para integração socio-economica de familas de baixa renda, com um auxilio mediante proposta de aplicação do mesmo em atividades economicamente ativas.
As peguntas que faço, alias, que milhões fazemos são as seguintes: Que parte cabe a nos, brasileiros nesse contexto??? E eu, que trabalho arduamente, dia apos dia, ganho meu sustento com dificuldade, mas, graças a DEus, não me enquadro no percentual dito miserável no Brasil, em que me onera esse plano??? Mais aumentos sobre os impostos que pago??? Não é mais um erro atacar a consequencia do problema??? Por que naum vamos direto ao combate as causas??? E a educação, a requalificação profissional, o incentivo a geração de empregos???
Aprendi desde cedo que, naum adianta combater as consequencias, elas saum apenas um reflexo de problemas mal resolvidos, que o efetivo é o combate a causa. Mas, parece que perdemos a noção de causa e efeito, e estamos andando no escuro, sem ter a menor noção de onde estamos,  e para onde queremos ir.
Cabe aqui uma reflexão atenta a respeito dos nossos reais objetivos, e um estudo detalhado das nossas necessidades, de forma a apresentar uma solução que combata a origem dos nossos problemas.
Pense nisso, Vamos atavar a causa... assim,naum precisaremos remediar o efeito.


Obs: para maiores informações acesse http://www.brasilsemmiseria.gov.br/

Um comentário:

Vanessa Müller disse...

É como aliviar um pouco os sintomas mas sem tratar a doença.